ENTREVISTAS

Groovin Mood entrevista Solar Sound System

...
...
...

Em tempos de cuidados com o planeta e alternativas sustentáveis para nossas atividades rotineiras, só faltava mesmo um sistema de som alimentado por energia solar, certo? Na verdade não falta. Entrevistamos Cèdric Carles, fundador do coletivo franco-suíço Solar Sound System, que é o pioneiro em sistemas de som eco-friendly. As atividades do coletivo se dividem entre a França e a Suíça.

cedric

(por Dani Pimenta)

O 3S, que é a sigla do Solar Sound System, foi fundado no ano de 1999.  A ideia inicial veio a partir da determinação de um projeto do governo suíço, que incentivava o investimento em fontes renováveis de energia. Unindo isso à paixão por música e ecodesign, nasceu o desenho de um sistema sonoro que pudesse ser usado em festas e ações políticas de forma autônoma e móvel. “Aprendi desenho e era viciado em ecodesign, e não gostava da ideia de fazer objetos que pudessem ficar obsoletos”, relata Cédric. 

10449472_10152207971740852_8415366181518649043_n

O seu primeiro trabalho de design foi para uma pequena fábrica de mobiliário urbano que trabalhava com plástico reciclado e utilizava mão-de-obra de detentos em Marselha, sul da França. Quando aprendeu a lidar com energia solar, viu que era o momento de unir essa função social do design com a música, e aí nasceu o 3S. 

“No 3S, há painéis solares e dínamo de bicicleta, com pequenas baterias para estocar a energia e um sistema para fornecer 220 volts”, conta Cédric. Desde a sua criação em 1999, o projeto do sistema de som que utiliza energia renovável oferece uma abordagem única, cultural e festiva para as questões energéticas. O projeto reúne artistas, engenheiros e o público em geral, formando um grande conjunto para discussões sobre energia de uma forma divertida, graças à música que é amplificada em público. O conceito SolarSoundSystem está inspirando cada vez mais ações educativas e culturais em todo o mundo.

983709_10152207972180852_359590812182152397_n

Um dos sistemas solares suíços veio parar no Brasil, mas segundo Cédric ele foi utilizado para as necessidades do lar. Pequeno e com apenas dois painéis flexíveis, ele foi para o Norte do país.

Os ritmos reverberados pelo 3S passeiam por diversas sonoridades, incluindo o reggae. Os sets são tanto em digital (Serato, CDJ) quanto em vinil, este último preservando a identidade original dos sound systems.

“Neste ano o SolarSoundSystem apresentou o dj Matt Black, membro do lendário duo Coldcut e fundador da gravadora Ninja Tunes, para o technoparade Paris de 2014. Também em 2014, criamos nossos próprios pequenos carros alegóricos ecológicos. Nossa meta é sensibilizar as pessoas para o uso de fontes de energia renováveis por meio da música”, revela Cédric.

Os membros do 3S ainda não conhecem o Brasil, lugar que, segundo o fundador do sistema solar, “seria o lugar ideal para levar nosso projeto”. O DJ e designer também fala da cena musical independente hoje: “… a produção musical independente e soundsystems são a melhor resposta contra a normalização das leis do mercado, abre a audiência para as pessoas mais idosas, para crianças, e também para quem não é “especialista”. É uma maneira de vincular novamente a música para diferentes gerações. Para mim os soundsystems são uma ferramenta pública para compartilhar boas idéias, boas práticas e consciência política, não só música.

544949_306402626232381_3214307459342059517_n

“Estou participando de uma grande reunião internacional para pensar nas mudanças climáticas (http://www.artofchange21.org), em que há alguns artistas-ativistas urbanos do Brasil participando também (http://opavivara.com.br/). O SolarSoundSystem poderia ser uma ferramenta para o nosso futuro em relação à energia e para envolver as pessoas neste pensamento”, finaliza o suíço.

Conheça mais sobre o 3S:

Youtube

Facebook

Site

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Powered by: Wordpress