afrobeat MÚSICA

Goma Gringa faz lançamento de compilação da Orchestre Poly-Rythmo de Cotonou

...
...
...

A inspirada cena musical africana, que por um lado infelizmente e surpreendentemente nem tanta gente assim conhece, mas que felizmente por outro lado cada vez mais pessoas vão atrás e redescobrem, ganha uma grande e merecida proposta do selo brasileiro Goma Gringa: a releitura do grupo Orchestre Poly-Rythmo de Cotonou. Conhecidos de forma genérica como afrobeat (movimento do qual o grande Fela Kuti é considerado o pai), os ritmos africanos vem sendo delineados de forma cada vez mais precisa, encantando quem já é fã das batidas inebriantes desse continente tão especial, e conquistando novos adeptos. 

02_poly_pt

O Orchestre Poly-Rythmo de Cotonou atuou entre os anos 1960 e 1983, e gravou mais de 500 músicas. De origem no Benin, seu foco era o afrobeat, o funk e o soukous. A compilação da Goma Gringa foi feita em conjunto com a gravadora alemã Analog Africa, e possui tiragem limitada de apenas 500 cópias. Com cinco versões em diferentes cores, a arte das capas foi desenvolvida artesanalmente com técnicas de linotipo, valorizando ainda mais o conteúdo musical.

O disco contém oito faixas, e o preço no site da Goma Gringa é de R$ 69.

(por Dani Pimenta)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Powered by: Wordpress